sábado, 18 de dezembro de 2010

Resumo dos Documentos para Viver na Argentina

Passo a passo para tirar os documentos que permitem ao brasileiro viver e trabalhar na Argentina (tudo isso depois de já ter feito, desde o Brasil, os documentos de permanência por dois anos:

Passo 1:
Sacar o turno para o Centro de Imigrações
www.migraciones.gov.ar/ - "solicite su turno" – Demora 3 meses de fila em média.
Esse turno serve para você tirar o documento chamado Residência Precária, que te permite viver em paz e permite tirar o documento para trabalhar legalmente.
Dica: marque este turno pela internet o amis rápido possível. Mesmo antes de sair do Brasil

Passo 2:
Preparação dos documentos para levar ao centro de imigrações no dia do seu "turno"
Os Documentos Necessários são:
1. Ingresso na argentina (te dão no aeroporto quando você chega)
2. 2(duas) fotos 4x4 que podem ser tiradas no andar de baixo da estação de trem do Retiro, que fica ao lado do centro de imigrações, e eles já sabem o formato necessário
3. Identidade brasileira (RG) original e cópia (não precisa autenticar)
4. Passaporte original e cópia (não precisa autenticar)
5. Certificado de antecedentes penais judicial brasileiro.
Pode ser tirado pela internet no site: www.dpf.gov.br de qualquer computador em qualquer país, porém no meu caso, que tenho um nome+sobrenome muito comum - Marina de Luca- que não pude tirar pela internet você pode ir pessoalmente na policia perto da sua casa na cidade que você mora no Brasil, ou pedir para algum familiar com uma procuração sua fazer isso, e depois autenticar no consulado brasileiro da argentina. No caso de você pedir na polícia do Brasil, ela demora até 15 dias para ficar pronta e você deve retirar no lugar onde pediu.
Obs: Qualquer certificado de antecedentes criminais tem validade de 90 dias a partir do dia que você a recebeu.
Para autenticar: ir no consulado (endereço: XXXX) com documentos originais e o papel para autenticar.
6. Certificado de antecedentes penais argentino
Pode ser tirado no centro de imigrações: Rua Antartidas Argentinas, 1355. Leve passaporte original e cópia. O valor é entre 26 e 40 pesos variando de acordo com a urgência que você precisa. Ele pode ficar pronto em 24 hrs ou até uma semana e deve ser retirado pessoalmente.
Obs: Também tem validade de 90 dias.
Não se preocupe com este documento, é o mais simples de todos.
7. Certificado de residência
Vá até a policia (que eles chamam de Comissaria) mais perto da sua casa na argentina e dê o endereço de onde você mora. No dia seguinte em qualquer horário eles vão até lá ver se você está lá e de fato mora lá. Mas eles não chegam  entrar na sua casa. Só tocam a campainha e te entregam o papel.
Custa 10,00 pesos que devem ser pagos na polícia no dia do requerimento.

Passo 3:
Ir no Centro de Imigrações (dia agendado no passo 1)
Endereço: Rua Antartidas Argentinas, 1355
Próximo à estação retiro de trem e metrô
Levar todos os documentos do passo 2.
Solicitar a residência precária e o DNI (carteira de identidade de estrangeiro).
Nós brasileiros temos o direito de sacar a residência permanente direto, então quando você chegar ao guichê peça ao mocinho a Residência Permanente.
Assim,  depois de 3 meses vai chegar na sua casa a residência Precária e o DNI, e em seguida, alguns meses depois, a Permanente.  Custa entre 35 e 25 pesos.
Obs: Se você se mudar de casa nesses 3 meses e não estiver pessoalmente para receber (exigência feita), terá que ir buscar na Av. Jujuy (o número exato do lugar peça quando for ao Centro de Migrações) no horário comercial, pessoalmente.

Passo 4:
Para poder trabalahar você precisa de um documento chamado Cuil, que funciona como uma espécie de carteira de trabalho.
Para tirar o Cuil vá ao ANSES (um órgão do governo)
Já com seu documento de residência precária ou permanente na mão, o passaporte e cópia
Anses (Endereço: Av. Santa Fé, 5140  – estação Carranza do metrô)
Sai na hora, demora uma média de 1:30 hrs, consdernado que abre as 8:00Am e fecha as 14:00, mas as senhas para atendimento são distribuidas somente até as 12:00 mais ou menos

Boa Sorte! Burocracias são chatas em qualquer país, melhor que você já vá preparado :)

3 comentários:

  1. Hey,

    Bom, to doido passar minhas ferias no Brasil mas tenho um turno "agora" para 13 de Janeiro hehehe. Minha duvida é: Quando vc pediu a Residencial Permanente vc falou o numero ou nome do acordo bilaterial Brasil-Argentina (bla bla bla)? É que eu ouvi algumas coisas nesse nivel e sei que o pessoal da migração é meio temperamental.

    Uma outra coisa, esse site da PF ta complexo, sempre fala que o server esta fora do ar quando tento tirar meus antecedentes, sabe se o consulado esta emitindo este documento?

    De qualquer forma obrigado pelas informações do seu blog.

    Abraços,
    Jayme.
    jaime.reis@ymail.com
    http://www.facebook.com/profile.php?id=100000019789782

    ResponderExcluir
  2. Oi meu nome e Ana Paula me casei no Brasil com um Chileno radicado na Argentina e vim viver aqui,fiz todos os documentos la e recebi ao visto por dois anos,quando cheguei na Argentina um envelope ficou na migracao do aeroporto e o outro teria que apresentar no registro civil aqui em esquel onde vivo hoje,ai comeca meu problema,chegando aqui nao aceitaram meu documento expedido pelo consulado da Argentina em Belo Horizonte porque segundo eles estava escrito com tinta preta a assinatura do consul ultrapassava uma linha limite"para mim nada que ver"porque e um documento oficial,entao tentei pela gendarmeria daqui e tambem nada,parece que nao sabem o que estao fazendo nao sabem nada,e assim se passaram 10 meses continuo com o envelope que deveria entregar no registro civil nas maos e necessito tirar meu DNI pq meu visto ja vai completar um ano e quero saber de voce se mesmo depois desse tempo todo tenho como fazer meus tramites sendo que ainda me resta um ano mas.Me mande a resposta para esse email:anaarchanjo@hotmail.com tenho urgencia em saber para fazer esse documento antes que venca meu visto.Abracos,
    ANA PAULA ARCHANJO

    ResponderExcluir
  3. Um aviso: a partir do dia 13 de maio ficou necessário marcar turno antes de chegar no migraciones para pegar seu antecedente criminal. Se você tiver o visto de residência temporaria (de 24 meses) o antecedente criminal ARGENTINO NÃO É necessário. Aqui neste site você pode ver alguns lugares que fazem o documento sem turno, mas deve prestar atenção porque nem são todos os lugares que fazem o tramite para qualquer cidadão

    http://www.dnrec.jus.gov.ar/

    ResponderExcluir